A importância da mulher na história da computação

A primeira mulher na história da informática foi uma inglesa no século XIX. Após conhecer a máquina analítica de Charles Babbage, um dos pioneiros da computação, a matemática Ada Augusta Byron King criou um algoritmo para o cálculo de Bernoulli, sendo a primeira programadora da história.

Leia mais: Notícias falsas geradas pela IA: ainda não estamos livres delas

Outra grande mulher na área de computação foi Grace Murray Hoper, trabalhando na programação da série de computadores Mark I, um dos primeiros computadores digitais. Também criou o conceito de sub-rotinas, para aproveitar módulos de comandos, além de ser a responsável pelos termos “bug” e “debugging” após retirar uma mariposa dos circuitos de uma máquina. Grace Hoper acreditava que as linguagens de programação poderiam ser mais amigáveis e criou uma linguagem chamada FLOW-MATIC, muito utilizada na época e que exerceu influência na linguagem COBOL.

Participação no desenvolvimento do Eniac

mulheres historia computação

Eniac foi um dos primeiros computadores, criado nos anos 40, e novamente temos a participação das mulheres. Um grupo de seis mulheres trabalhavam realizando cálculos balísticos.

Nos anos 60 Dana Urely foi a primeira mulher a participar de um projeto da Nasa, criando algoritmos para automatizar o sistema de rastreamento de tempo real.

Leia mais: Mulheres Inspiradoras na Tecnologia

No Brasil

mulheres historia computação

Aqui no Brasil existem inúmeras mulheres nos principais cargos na área de informatica.

Uma grande profissional é Dilma M. da Silva, Ph.D em Ciência da Computação pelo Instituto de Tecnologia da Geórgia em Atlanta e destaque nas pesquisa avançada de Sistemas Operacionais da IBM.

Leia mais: Termine seu TCC em apenas uma semana

Juliana Freitag Borin também Ph.D em Ciência da Computação, escritora da revista SBC Horizontes e professora da UNICAMP.

Cláudia Maria Bauzer Medeiros, doutora em Ciência da Computação pela Universidade de Waterloo, Canadá, presidente da Sociedade Brasileira de Computação de 2004 a 2007.

Bel Pesce, autora o livro “A Menina do Vale”.

Leia mais: Mulheres na TI: codificando a igualdade

Isabel Perse, aprovada em 2006 com apenas 17 anos no Massachussets Institute of Technology (MIT) – mundialmente reconhecido por sua excelência em tecnologia. Trabalhou na Microsoft, Google e Deutsche Bank. Terminou seu curso de engenharia elétrica, matemática, ciência da computação, administração, economia e matemática.

Camila Fernandez Achutti tem experiência na área de Ciência da Computação, com ênfase em Verificação e Validação de Software, sendo engenheira de Software da Iridescent, non-profit americana de ensino de ciência e tecnologia para crianças e jovens.

Leia mais: Aprenda PHP de uma vez por todas – do básico ao avançado

Também é Influenciadora Digital da FIAP e fundadora do blog Mulheres na Computação e embaixadora do Technovation Challenge Brasil.

Outras mulheres importantes:

mulheres historia computação

  • Adele Goldberg que trabalhou na linguagem orientada a objeto Smalltalk-80;
  • Emmy Noether criou os fundamentos para a criação da linguagem PROLOG;
  • Lois Haibt desenvolveu um analisador de expressão aritmética, componente para o compilador FORTRAN;
  • Sister Mary Kenneth Keller ajudou a criar a linguagem BASIC.
  • Marrisa Mayer, Presidente do Yahoo
  • Sheryl Sandberg chefe de operações do Facebook
  • Ginni Rometty Chairwoman, Presidente da IBM, eleita por 8 anos consecutivos como umas das 50 mulheres mais influentes no mundo dos negócios

Leia mais: Software livre é coisa de mulher sim

  • Ursula Burns, Presidente da Xerox, sendo a primeira mulher afro-americana a chefiar uma empresa.
  • Meg Whitman, Presidente da HP
  • Susan Wojcicki, Presidente do You Tube, mas também foi responsável pelo Google AdWords, AdSense, Analytics e DoubleClick.
  • Safra A. Catz, Presidente da Oracle desde 2004
  • Cher Wang é co-fundadora e presidente da HTC
  • Padmasree Warrior é Diretora de Tecnologia da CISCO.
  • Sue Gardner é diretora-executiva do Wikipedia

Fonte: http://www.cbsi.net.br/2015/06/a-importancia-da-mulher-na-historia-da-computacao.html